O técnico de futebol deve ser professor de educação física

Por   | 

Adenor Bacchi, Tite, técnico de futebol, formado em Educação Física, comentou com o Quero ser Jogador uma declaração que fez onde afirma que o técnico de futebol deve ser professor de Educação Física.

– Alguns colegas meus, ex-atletas, questionaram uma manifestação pública que eu fiz, que o técnico de futebol deva ser professor de Educação Física. Pra qualificação precisa. Para trazer um conhecimento maior, precisa. Para ti ter quantificação de carga, precisa.

– Assim como eu como ex-atletas, eu trago, e o ex-atleta também traz uma gama de experiência de vestiário que ela é incomparável. Porque ele sofreu a pressão e daqui a pouco interpretar todas essas pressões que o garoto ou que o adulto tenha tido, ele também vai compreender com uma facilidade maior.

– Pode ser um grande profissional, o ex-atleta que busque formação com cursos, sendo um professor de Educação Física. E, pode ser um grande profissional um professor de Educação Física, um professor que não tenha jogado futebol de forma profissional mas que também exerça com uma “peladinha”dele. Porque são os mesmos sentimentos do “joguinho” da esquina, são os sentimentos do jogo profissional.

– A pressão, a expetativa, eles são exatamente iguais . O número de pessoas é que vai diferenciar. Dá para ter grandes profissionais das duas formas.

Você concorda com o Tite?

Assista ao vídeo:

Saiba mais sobre a motivação no futebol, clique aqui.

O blog de quem quer ser jogador. Compartilhe.